[ editar artigo]

Seguidores querem dizer vendas? [Aula 3]

Seguidores querem dizer vendas? [Aula 3]

Como ser relevante, vender algo útil e com resultado real, na lógica da Sustentabilidade Criativa

Material auxiliar da Aula 3 - Semana do Negócio Bem Sucedido e Sustentável.

Este material foi criado e disponibilizado pelos especialistas da Casa Origem, criadores do primeiro restaurante Lixo Zero do Brasil.

3 principais pontos de atenção de sustentabilidade criativa na presença online:

1. Seguidores querem dizer vendas: não. Muita gente pensa que é só ter seguidores que está com a vida ganha, interpreta aqueles números como se 100% deles tivessem olhando pra você e eles não estão! 1% ou 10% vai estar de fato te enxergando, se você não estiver usando as estratégias para ser vista. Onde encontrar essas estratégias? Em perfis do Instagram e cursos de pessoas especializadas em marketing digital de rede social, lendo sobre isso na internet, buscando aprender.

2. Como ser relevante e vender algo útil: porque com as fórmulas de lançamento e o boom do marketing digital a galera acha que postar 3x por dia no feed, fazer no mínimo 15 stories e encher as pessoas de informação é ser relevante, mas não é! Oferecer utilidade está intrinsecamente relacionado com relevância e só tem relevância quem quer usar o que sabe para ajudar o seu público de alguma forma.

3. Resultado real:  o resultado a gente só vai saber se é positivo ou negativo, se soubermos o que queremos. Tanta gente vendendo resultado na internet, mas se a pessoa não sabe o que quer, ela não sabe como chegar lá! => autoconhecimento é peça chave para entregar algo útil e relevante sendo você mesma(o).

Nesta aula tivemos a participação da Nicole Berndt, criadora do @casasemlixo e @mercadosemlixo.

Pontos mais relevantes sobre Sustentabilidade Criativa no papo com Nicole Berndt:

Por que você considera importante os teus seguidores, porque é importante conquistá-los, qual o motivo de você estar ali influenciando essas pessoas?

O objetivo de começar a compartilhar a busca por uma vida mais consciente foi para criar comunidade. Começou querendo ter uma vida melhor com seu marido e filhos e compartilhava porque tinha pouca gente ao redor dela que falava sobre esse tema. Ao compartilhar, entendia que impactava positivamente as pessoas mostrando o caminho. Quando a gente sabe o por que de estarmos querendo ou fazendo tal coisa, a gente consegue entregar mais qualidade, mais relevância, mais utilidade e isso vai se converter em resultado.

Depois que a gente atinge uma base de seguidores, aí a gente consegue começar a projetar e pensar nisso como negócio, como fonte de renda, certo? Quando tu decidiu que isso seria tua vida, quais foram os 3 principais passos mais importantes para se manter relevante?

Elucidou nos seguintes 3 principais passos para se manter relevante: 

1. Ler bastante sobre o tema, realmente entender o assunto que se propôs, escolher onde quer investir esse tempo de estudo => de novo AUTOCONHECIMENTO REQUERIDO AQUI.

2. Perseverança/constância - demorou 1 ano para entrar no youtube porque quando entrasse teria que ter consistência para criar relevância e para o algoritmo entregar o conteúdo dela. 1x na semana, depois 2x na semana, depois reduziu novamente e o engajamento caiu. Normal, nada de novo no front, as ferramentas de rede social estão aqui para privilegiar quem paga => se vc paga, ele entrega,  se vc tiver bom conteúdo e persuasão converte, vc fica feliz, paga de novo e o ciclo se fecha. Brigar contra isso pode ser gasto à toa de energia, vale a pena aprender a usar a ferramenta com objetivo de quebrar a sua lógica de funcionamento 

3. Fale o óbvio! as pessoas precisam ouvir o óbvio. O que é óbvio pra mim pode não ser pra vc e sempre tem gente nova chegando, gente que não sabe, que tem vergonha de perguntar… entenda o seu público, busque ajudá-lo.

A construção de uma base e a criação de autoridade se dá com constância, com repetição, com conteúdo útil e que sempre capte quem já está mais tempo na base e quem está chegando agora.

E pra gente se organizar a ponto de conseguir cumprir com esses passos, é essencial que se CRIEM HÁBITOS QUE TRAGAM O RESULTADO QUE VOCÊ QUER.

Para conseguirmos criar hábitos duradouros e substituir hábitos ruins, precisamos passar pelos 4 estágios da competência. São eles:

  1. incompetência inconsciente: você não sabe que você não sabe até alguém te dar um estalo - se você não sabia que não sabia, eis aqui o seu estalo.
  2. incompetência consciente: agora você sabe que você não sabe e sua curiosidade vai te ajudar a correr atrás do que quer aprender.
  3. competência consciente: quando você sabe que sabe mas ainda não domina e precisa treinar pra chegar lá.
  4. competência inconsciente: você sabe que sabe e já usa esse pensamento diariamente, no automático.

Pra tudo a gente precisa passar por esses estágios, porque ninguém nasce sabendo nada!

Pra começar um negócio, um Instagram, um canal no Youtube, qualquer coisa, a gente precisa passar por esses 4 estágios. Se vc não conhecia, agora já conhece e pode começar a aplicar.

Quanto tempo demorou pra você construir essa tua base de seguidores e como está sendo a integração dessa galera com o Mercado Sem Lixo? Agora que tu tens produtos para oferecer, na tua opinião, precisa ter cuidado na hora de fazer propaganda? Seguidores querem dizer vendas? Se tens 136k seguidores, quer dizer que todo dia tem essa galera comprando de vcs?

3 anos, ela começou em 2017 a produzir conteúdo e dedica desde 2019 com consistência e exclusividade. Precisa ter cuidado na hora de fazer propaganda, sempre alinhado aos seus valores e escolhendo com sabedoria as datas para fazer campanhas, lembrar de valorizar os produtores, valorizar a cadeia de produção, enfim. Gestão sustentável e bem sucedida equilibra isso tudo entregando propaganda + algum benefício para pessoa. Não quer dizer que toda essa base de clientes esteja comprando de mim, eles estão ali e eu preciso saber como entregar meu conteúdo pra eles. Focar em várias bases, vários canais, ter o seu próprio site é importante porque é o único que é teu e ninguém regula além de tu mesma, então trabalhar com Youtube, Instagram, Pinterest, Tiktok, etc.

Como vocês equilibram, enquanto Mercado Sem Lixo, essas ferramentas pra que elas se convertam em vendas? Vocês estão focando no digital tanto quanto no físico? Investem em tráfego pago ou acham que dá de seguir no orgânico?

99% tráfego orgânico e agora vão fazer a primeira vez tráfego pago com estratégia de venda pelo Mercado Sem Lixo para alcançar um público que nem sabe que existem produtos melhores para sua família. 

A transformação digital, acelerada pela pandemia, faz ser cada vez mais importante se entender as ferramentas à nossa disposição pra fazer nossa mensagem, nossos produtos e serviços a chegarem mais longe - produtos e serviços que fazem a diferença real no mundo - e pra que cheguem em mais pessoas, sempre remunerando bem todos os envolvidos no processo. 

Diferença entre tráfego orgânico e tráfego pago, tipo, dá resultado pagar pro Insta? Depois o teu resultado diminui? => O Instagram (e todas as redes gratuitas) querem que você pague para eles privilegiarem o teu conteúdo, então é interesse do próprio Instagram que você tenha resultados, tenha alcance, tenha conversão em vendas => AQUI VALE JÁ ORGANIZAR UMA VERBA PARA MARKETING e COMUNICAÇÃO e investir em um curso e tempo de estudo de ferramentas digitais.

Agradecemos a Nicole Berndt pela presença! :) sigam @casasemlixo @mercadosemlixo no Instagram.

Gatilhos mentais para vendas numa gestão online:

ESCASSEZ: “vagas limitadas, não tem pra todo mundo” => totalmente relacionado com nosso paradigma atual de pensamento

PRESSA/URGÊNCIA: “é só amanhã” => também relacionado ao paradigma atual

GATILHO DE VALOR: esse gatilho é ativado quando você trata o seu consumidor com um ser individual e não apenas como mais um comprador, que vai trazer lucro para o seu negócio. Por isso, ações de exclusividade e personalização ajudam a mostrar para o seu cliente que ele é realmente importante para a sua marca. Lembre-se que um consumidor tem nome, necessidades e preferências. Ao tratá-lo com prioridade, a tendência é que ele permaneça sempre ativo na sua empresa e também conquistar a fidelização desse cliente

GATILHO DA RECIPROCIDADE: quando você oferece valor, valor, valor, uma hora aquela pessoa vai se sentir na obrigação de retribuir. Por isso, se você quer que seu potencial consumidor realize uma ação, procure oferecer algum benefício que tenha valor real PRA ELE, não pra você => importantíssimo esse detalhe, precisa-se entender o seu público e entregar o que ELE está precisando. 

Com isso, o consumidor tende a ter o compromisso da reciprocidade, dispondo-se a se aproximar da marca e, por consequência, comprar o seu produto.

Esses gatilhos geram:

  • FOMO: fear of missing out => paradigma atual &
  • FOBO: fear of better options => paradigma atual

Mas pode vir à nossa mente o pensamento sabotador: “NÃO QUERIA TER QUE USAR ESSES GATILHOS PARA VENDER pois isso seria reproduzir o sistema que eu critico” => PORÉM, nesse caso, você está usando as armadilhas do sistema contra ele => precisa entrar no jogo pra poder jogar ele com melhores ferramentas, entregando um resultado que gera impacto positivo ao invés de destrutivo.

A partir daí, a gente usa esses gatilhos pra conscientizar, para educar, para sensibilizar, pra mudar as estruturas que mantêm a sociedade como é hoje. Isso é sustentabilidade criativa :)
 

Materiais Complementares:

Livros:

  • Rápido e Devagar, do prêmio Nobel de Economia Daniel Khanemann
  • As armas da persuasão, do Robert Cialdini

Links:

Consulte este material sempre que precisar e use para mudar a sua realidade e a do mundo!

Sustentabilidade Criativa

Transformação Criativa
Transformação Criativa
Transformação Criativa Seguir

Um canal que traz a #criatividade como ferramenta estratégica para empreender @transcriativa

Ler conteúdo completo
Indicados para você