[ editar artigo]

Muito cuidado com os seus vieses cognitivos

Muito cuidado com os seus vieses cognitivos

Os vieses são filtros mentais, como uma lente ou um óculos. É um padrão de distorção do nosso julgamento, gerando percepções e interpretações ilógicas.

Nós vivemos num mundo cheio de incertezas e tomar decisões em cenários incertos é muito difícil. Até pensamos fazer uma análise detalhada das coisas, mas nossas decisões são tomadas com informações limitadas, além da falta de tempo e da incapacidade do nosso cérebro de processar muitas informações ao mesmo tempo.

Por isso, evolutivamente recorremos à uma estratégia subconsciente, utilizar a heurística. Regras práticas que poupam tempo e energia, nos permitindo simplificar o processo de decisão.

Mas a heurística nem sempre é um mau caminho, é algo muito importante na nossa evolução. Entretanto, pode distorcer nossa percepção da realidade e nos direcionar a muitos erros.

Todos possuímos vieses, inclusive até esse post pode estar enviesado. Devemos ter muito cuidado com nossos vieses e estar consciente deles é o primeiro passo para evitá-los e buscarmos boas decisões.

Por isso eu separei uma lista de vieses cognitivos:

Ilusão da validade: Tendência de as pessoas verem suas próprias crenças como realidade.

Efeito de ambiguidade: Tendência de evitar opções nas quais a falta de informação gera incertezas.

Ancoragem: Tendência de confiar demais em um acontecimento específico ou em uma parte da informação isolada para se tomar decisões.

Heurística de disponibilidade: Tendência de predizer a frequência de um evento, baseando-se no quão fácil consegue-se lembrar de um exemplo.

Escalada irracional de compromisso: Persistir em uma decisão/ação porque já investiu algo nela.

Cascata da disponibilidade: Quando algo ganhar maior plausibilidade devido grande repetição (uma mentira dita mil vezes torna-se verdade)

Backfire effect: Quando as pessoas reagem refutando evidências usando as suas crenças pessoais.

Efeito adesão/Efeito manada: Tendência de fazer ou acreditar em algo porque muitas pessoas fazem/acreditam naquilo.

Falácia da probabilidade de base: Tendência de basear julgamentos em especificidades, ignorando a generalidade.

Viés do ponto cego: Tendência de conseguir identificar várias características e ações nos outros mas não em si próprio.

Viés de confirmação: Tendência das pessoas acreditarem em informações que confirmam suas crenças, sendo essas informações verdadeiras ou não.

Efeito contraste: Quando há aumento ou diminuição de uma medida quando comparada com algo contrastante recentemente observado. Por exemplo, se você ver um produto caro e ao lado um produto de menor preço, logo esse produto de menor preço parece ainda mais barato e sendo uma ótima oportunidade.

Maldição do conhecimento: Quando as pessoas mais bem informadas sobre um assunto acham muito difícil de pensar sobre o tema que são especialistas sob a perspectiva de pessoas com menor conhecimento.

Vácuo da empatia: A tendência de subestimar a influência ou força dos sentimentos, em si mesmo ou nos outros.

Viés da expectativa: Quando pessoas em experimentações têm tendência de acreditar, analisar, certificar e publicar apenas resultados que vão de encontro a sua expectativa, desacreditando daquilo que vai de encontro a suas vontades.

Estereótipo: Presumir que alguém tem certas características por causa do grupo social a que ele pertence.

Efeito Dunning Kruger: Tendência de quando aprendemos algo novo, por não termos noção da nossa própria ignorância considerarmos que sabemos muito daquele assunto.

Efeito Forer/Efeito Barnum: A tendência de dar altos níveis de precisão a descrições de personalidades que supostamente foram personalizadas para o indivíduo. Mas que na verdade são generalistas o suficiente pra aplicar a um grande número de pessoas. Exemplo: Horóscopos.

Projeção: Tendência de Presumir que outras pessoas, pensam, sentem e tem os mesmos valores que os nossos.

Viés da autoconveniência: A tendência de reinvidicar mais responsabilidades pelo sucesso que pelas falhas. Esse viés também pode se manifestar como a tendência de interpretar informações ambíguas de uma forma benéfica para os seus próprios interesses.


Novamente reafirmo, todos possuímos vieses. Devemos ter muito cuidado com nossos vieses e estar consciente deles é o primeiro passo para evitá-los e buscarmos boas decisões.

 

Transformação Criativa
Victor Maués
Victor Maués Seguir

Sou futurista, facilitador de projetos e produtor de conteúdo. Acredito no poder da aprendizagem humana pra gerar cenários de abundância no mundo, por isso iniciei a Tribus Kabana.

Ler conteúdo completo
Indicados para você