[ editar artigo]

Vencer a todo custo não pode ser o propósito.

Vencer a todo custo não pode ser o propósito.

A vontade de vencer é sedutora. A vitória deve sempre estar no radar, mas não pode ser o único objetivo. 

Vencer é algo motivador, mas não é inspirador. 

Não é querer vencer sempre que vai engajar as pessoas e criar valor. 

É preciso evoluir de uma abordagem transacional, em que somente um lado ganha, para uma abordagem relacional, em que se constroem relacionamentos duradouros a partir de interações em que há ganhos para todos os envolvidos. 

Essa relação ganha-ganha é que gera engajamento profundo, construtivo, consistente. 

É assim que se criam propósitos mais inspiradores e, em consequência, mais resilientes. 

E as pessoas reagem positivamente a esses propósitos. E a partir disso se criam condições para a evolução de todos os envolvidos: consumidores, profissionais, empresas. É assim que se constroem mercados saudáveis e marcas fortes.

Então, vencer sim, mas não a qualquer custo, e as vitórias devem sempre ser buscadas alinhadas a propósitos inspiradores.

 

D.J. Castro

Transformação Criativa
D.J. Castro
D.J. Castro Seguir

Publicitário de formação, diretor criativo por mais de 15 anos. Hoje ajudo a criar marcas mais humanas e que geram impacto positivo no mercado e nas pessoas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você