[ editar artigo]

Quem é você no mundo que está sendo co-criado?

Quem é você no mundo que está sendo co-criado?

 

Engana-se quem encara essa como apenas uma crise - estamos vivendo uma transição. Ela decorre, é claro, de uma convergência de crises: climática, social, econômica, financeira, ambiental, relacional (sinta-se à vontade para completar essa lista). Também não foi o Coronavírus quem desencadeou o que estamos vivendo. Esse cenário já vinha se delineando há algum tempo e a Covid-19 tornou-se mais uma variável na equação (e que variável, diga-se de passagem).

Essas crises nos trazem a um momento em que precisamos, com urgência, encontrar novas maneiras de vivermos, nos relacionarmos e de fazer negócios. Precisamos criar um Novo Mundo. Vamos aproveitar, sem romantizar, o fato incontestável de que toda CRISE tem imenso potencial para gerar uma transformação CRIATIVA!

Calma, não estou falando sobre derrubar sistemas falidos ou irmos todos para EcoVillas, nem mesmo sobre resetar o planeta Terra (que, aliás, sem a gente iria muito bem, obrigada!). Não precisaremos fazer isso a partir do momento em que o NOVO fizer tanto sentido que, aos poucos, o antigo se tornará obsoleto.

O que já sabemos é que a maneira como nos organizávamos e vivíamos não está mais trazendo os resultados positivos que esperávamos. O lucro pelo lucro vem deixando de fazer sentido dia a dia, assim como os trabalhos engessados, as relações tradicionais, a maneira como nos relacionamos com o planeta, com as pessoas de um modo geral e com a sociedade. Basta olhar para o número de pessoas buscando uma transição de carreira ou procurando mais sentido naquilo que faz. Temos acompanhado uma série de notícias que mostram desigualdades sociais aumentando e recursos ambientais se esgotando. Agora, em meio a uma pandemia que muda tudo, seremos naturalmente forçados a repensar e quebrar uma série de paradigmas.

Ironicamente, também estamos vivendo a fase com maior avanço tecnológico e acesso a informações que, teoricamente, nos deixariam mais empoderados para tomar decisões. No entanto, está todo mundo confuso. Então, COMO lidar com tudo isso? Como criar algo NOVO?

A resposta está a nossa volta. Novas maneiras de nos organizarmos, nos relacionarmos com as pessoas, meio ambiente e trabalhos não param de emergir. Em meio ao CAOS, a CRIATIVIDADE é requerida – e responde - a todo momento. A esses novos modelos damos o nome de NOVAS ECONOMIAS ou ECONOMIAS PARA TRANSIÇÃO (ou qualquer outro nome que diga a mesma coisa). As Novas Economias contemplam essa era COMPLEXA em que vivemos e nos proporcionam CRIAR um MUNDO NOVO mais colaborativo, humanizado e sistêmico, levando em consideração a vida.

Para começar essa conversa, precisamos sair do olhar EGOssistêmico a partir do qual olhávamos apenas para nosso umbigo e ir em direção ao um olhar ECOssistêmico, integral, que considera o todo. Para que cheguemos a isso, nos serão requeridas algumas habilidades essenciais que antes sequer eram consideradas. Entre elas estão o autoconhecimento, criatividade, relacionamento interpessoal, relacionamento internatural (ah, eu inventei essa palavra, me deixa!), habilidades tecnológicas, capacidade de aprender e ensinar ao longo da vida (o tal lifelonglearning) e, talvez, mais algumas que ainda nem conhecemos.

Esse NOVO MUNDO já está em CO-CRIAÇÃO! SIM! Olhem esta comunidade, por exemplo. Aqui falamos de assuntos que antes não eram tão valorizados e palavras que nem usávamos tanto. Agora não há como negar - sem BOROGODÓ não dá mais! Pretendo falar bastante sobre as Novas Economias e sobre como desenvolver as habilidades que nos aproximam delas. Um olhar para nós, humanos co-habitando em harmonia este planeta lindão em que vivemos e que já nos fez tantas concessões.

Bora entrar nessa, Transcriativos?

Transformação Criativa
Bela Guerra
Bela Guerra Seguir

Oi, sou a Bela. Enxergo a vida pelas lentes da Psicologia (sou amarradona em gente e comportamentos).Há uns anos, acrescentei a Natureza neste meu óculos, e tudo mudou. Uso a Criatividade como ferramenta pra estar por aí, co-criando um mundo melhor.

Ler conteúdo completo
Indicados para você