[ editar artigo]

Quando a imersão pode afogar

Quando a imersão pode afogar

Imersos, não sentimos o tempo.

Não sentimos o tempo porque gostamos de fazer o que fazemos. Tipo criança que brinca na rua e não se da conta que já é noite.

Porque eu precisaria parar de fazer algo que gosto?

Porque eu tô imerso e não sinto ou ouço o que acontece aqui fora, no mundo.

Problemas físicos, emocionais, é só o começo. Uma hora o trabalho cobra o preço. Não importa que trabalho seja.

Emergir é tão importante quanto imergir. Saber quando parar, onde parar.

Nos distanciar também é produtividade.

Hemingway falou pra alguém, pra que esse alguém guardasse a continuação da história pro dia seguinte, quando escrevendo.

Um passo a cada dia.

1% melhor a cada dia.

Tartarugue-se, como diz o Tiago, do Tira do papel.

Não há pressa :)

Photo by ÉMILE SÉGUIN 🇨🇦 on Unsplash 

Transformação Criativa
Gustavo, do Em processo criativo
Gustavo, do Em processo criativo Seguir

oi! eu me chamo Gustavo! e sou o editor do "Em processo", uma comunidade que pensa a criatividade e o fazer artístico como ferramenta de mudança, pessoal e/ou coletiva. pra conhecer mais sobre nossa comunidade, estamos em @emcriativoprocesso :)

Ler conteúdo completo
Indicados para você