[ editar artigo]

Por que falar de empatia?

Por que falar de empatia?

Escrevi este texto em meu site pessoal. Como considero algo de grande relevância, principalmente no momento atual, quis compartilhar aqui como uma postagem de 'estréia'. Acreditando que até para ter empatia é preciso criatividade! Basta associar o que diz o item 3 do dicionário informal  da internet (abaixo). Boa leitura.

O QUE É EMPATIA?

“Empatia significa a capacidade psicológica para sentir o que sentiria uma outra pessoa caso estivesse na mesma situação vivenciada por ela. Consiste em tentar compreender sentimentos e emoções, procurando experimentar de forma objetiva e racional o que sente outro indivíduo.” (https://www.significados.com.br/empatia)

Segundo dicionário informal na internet, a palavra significa:

1.   Substantivo feminino

2.   Faculdade de compreender emocionalmente um objeto

3.   Capacidade de projetar a personalidade de alguém num objeto, de forma que este pareça como que impregnado dela.

Capacidade de se identificar com outra pessoa, de sentir o que ela sente, de querer o que ela quer, de apreender do modo como ela apreende etc.
·        PSICOLOGIA: processo de identificação em que o indivíduo se coloca no lugar do outro e, com base em suas próprias suposições ou impressões, tenta compreender o comportamento do outro.
·        SOCIOLOGIA: forma de cognição do eu social mediante três aptidões: para se ver do ponto de vista de outrem, para ver os outros do ponto de vista de outrem ou para ver os outros do ponto de vista deles mesmos.

Palavras intimamente ligadas: afeto, afinidade, amizade, amor, atração, combinação, confraternidade.

Mas por que estou falando de empatia? Porque no mundo que vivemos atualmente, parece que virou “moda” se falar em empatia, mas sem ter a mínima compreensão do seu significado ou mesmo a dimensão que essa palavra possui ou ainda, o impacto que pode causar.

Vejo em sites, perfis pessoais e mesmo em comerciais o uso constante da palavra. Isso é ótimo, é bonito, mas, na prática, ela é realmente utilizada?

Vivemos um momento de pandemia, preocupação, tristeza globalizada, e num primeiro momento, “Poliana” que sou, pensei: “Que situação! Mas acho que agora as pessoas vão acordar, notar o quão importante é ser gentil, ajudar ao próximo, não julgar...ter EMPATIA DE VERDADE!”.

Mas como assim Diana, “empatia de verdade”!? Simples! Sair do comodismo de frases bonitas postadas a exaustão e partir para a prática! Ajudando! E a ajuda pode ser de todo tipo, desde que se deixe o julgamento de lado...rezando, apoiando, alimentando, se importando e, infelizmente, neste cenário atual, se afastando, respeitando a opinião do outro e mantendo a integridade física, intelectual e espiritual. Depois dessa fase pesada, aí entram também os abraços e beijos que acalentam a alma e o coração.

Não é simples, mas é necessário começar.

Vi muitos posts relacionados a Empatia, o que me fez ficar ainda mais confiante na humanidade, porém passados alguns dias, começaram novamente as “ervas daninhas” através de frases e discursos inflados de ódio e derrota. Cadê a empatia?

Sumiu! E, em minha opinião, devido a discursos infelizes do atual presidente e outros influenciadores, os quais deveriam ser referência de liderança e esperança. 

Penso que o povo tem força, tem voz...só precisa aprender a usar de forma inteligente e prática. Adianta panelaços?! Não sei. Adianta brigar agora por conta de política? NÃO! Definitivamente não! O foco agora não é a política. O que importa agora é a saúde e segurança de uma nação, e não brigas e disputas para tirar quem quer que seja na política. E a prioridade deve ser SEMPRE a nossa saúde, a nossa família, as pessoas que amamos...cuidando, amando, protegendo.

O dinheiro é importante, a economia é importante, porém nada disso tem valor se não existe vida. Nada disso tem valor quando se está doente. Nada disso traz de volta alguém que já se foi. Não temos controle do nosso futuro!

Temos apenas a doce ilusão de que planejamos tudo! Mas todo e qualquer planejamento pode ser alterado, adiado e até cancelado!

Prova disso foi o surgimento desse vírus, que nem podemos enxergar a olho nu, e está causando estrago em muitas famílias e muitas cidades em países do mundo inteiro!

A questão não sou eu, não é você, SOMOS NÓS!

Por isso é necessário saber usar da sua capacidade empática! De entender que todos estamos aqui por um bem maior comum... para sermos solidários e generosos, ajudar o próximo porque em seu coração você sabe que isso é o certo; para sabermos escutar, analisar sem julgar e chegar a um senso comum.

Direta ou indiretamente, TODOS já fomos atingidos por conta desse vírus, seja na nossa saúde ou no nosso bolso. A rotina de todos foi totalmente alterada...já existem muito mais pessoas passando diversos tipos de dificuldade...uns mais, outros menos, mas estão todos no mesmo mar revolto. Por isso insisto em falar de empatia! No escutar, no agir, no falar...

Quem está sem nada em casa pra comer e tem filhos, com certeza vai querer se arriscar trabalhando da forma que precisar pra levar alimento pra sua família; quem tem alguma reserva e sabe que pode se virar por um curto espaço de tempo, vai ficar em casa porque sabe que tudo vai passar e a vida recomeçar; quem tem empresa ou comércio, quer trabalhar por depender disso para sua sobrevivência e, em alguns casos, sobrevivência de quem depende dele para sobreviver... é difícil pra todo mundo! E todos tem contas para pagar...Então chega de julgamentos.

Quem gosta de apontar, pense em quantas vezes já errou.
Quem já errou e notou seu erro, tenha humildade em admitir.
Quem tem um pouco mais, por gentileza, pense em quem tem menos e faça algo pra ajudar.

Mas use da empatia e do amor em toda e qualquer situação! É disso que o mundo anda precisando! É disso que todos nós precisamos!

Transformação Criativa
Diana Farias
Diana Farias Seguir

Mãe, pedagoga, designer e professora de artes! Sonhadora, determinada e apaixonada pela vida!

Ler conteúdo completo
Indicados para você