[ editar artigo]

Inspiração aos escritores: Assistam Youtube!

Inspiração aos escritores: Assistam Youtube!

A criatividade de um escritor não está apenas no sentar e escrever. Cada escritor tem uma forma de trabalhar e inspirações estão disfarçadas de pequenos momentos. Assim, para dar aquela ajudinha começarei aqui alguns posts de inspiração para quem escreve e /ou ama literatura.  

Neste post vamos ver dois escritores em entrevista ao programa Roda Viva da TV Cultura. Além de utilizarmos o Youtube como ferramenta de estudo, vamos conhecer um pouco mais afundo sobre o papel do jornalista (entrevistar) e o que pensa um escritor (entrevistado).  

Fernando Sabino  

Provavelmente uma das entrevistas mais descontraídas de um escritor brasileiro. Exibido em 25/12/1989, o escritor mineiro Fernando Sabino traz uma harmonia entre informação e descontração para sua entrevista de quase 1h30 de duração. Mas antes de começar a entrevista é apresentado como o escritor do livro O Encontro Marcado – primeiro romance urbano escrito na década de 1950.  

Além de afirmar que escreve por dinheiro, tirando toda a ideia irrealística de que um escritor não precisa de dinheiro para viver, somente sua inspiração salva. Ele também diz que precisou dar um passo para trás para seguir em frente com sua carreira literária.  Ao ser perguntado sobre o ato de escrever, Fernando responde brilhantemente: 

“Tudo conspira contra escrever. Vencer a distância entre você e a máquina de escrever é o mais difícil”.

Ele já apontava a questão da criatividade e bloqueio como algo real nos escritores, além de todas atribuições cotidianas. 

O entrevistador Ruy Castro comenta sobre uma frase que afirma que tudo que é fácil de ler é difícil de escrever. E Fernando responde que realmente dá trabalho ser simples. Ele ainda vai além afirmando que “O escritor escreve sobre o que não sabe para saber o que é”.  

Além de uma exaltação à Machado de Assis, ele conta um pouco da influência (belíssima, por sinal) de Mário de Andrade em sua carreira. Mostrando que sim, a referência e apoio são essenciais para qualquer profissional. Se eu fosse você, eu não perderia! 

Entrevista completa aqui:

 

 

Mia Couto 

O escritor e biólogo moçambicano é um dos mais renomados escritores africanos de país de língua portuguesa. Mia é famoso por contos, poesias e romances, sendo um dos destaques o livro Terra Sonâmbula. O autor aborda principalmente a temática africana e vem sido reconhecido internacionalmente, ganhando até o momento oito prêmios de literatura por suas obras. 

Exibido em 05/11/2012, o programa traz essa visão do continente africano na literatura. Quando questionado sobre tradições africanas, o próprio autor diz 

“eu tô disponível, eu tô aberto”.

Uma dica preciosa para todo escritor, que precisa abrir-se ao próximo para o seu repertório cultural. Ele ainda fala que o escritor precisa ter essa ligação entre raiz e asas.  

A conversa continua e é perceptível essa ideia de entender a língua como algo multifacetado - “a língua não está sozinha”, ele diz – e afirma sobre a importância de deixar a oralidade entrar no texto. Além de aprender com um mestre da literatura contemporânea, ainda aprendemos com as suas inspirações, em determinado momento ele fala “O Livro do Desassossego é uma escola” - esta fala é uma menção ao livro do escritor português Fernando Pessoa.

Não só uma aula de literatura, esta entrevista abre nossa mente para culturas diferentes que dividimos algo em comum – o idioma português.  

Entrevista completa aqui: 

 

 

 

Foto destaque do site Lápis Mágico.

Transformação Criativa
Bruna Cazzolato
Bruna Cazzolato Seguir

Uma jornalista que acredita que toda historia merece ser contada. Viajante, sonhadora e pronta para dividir comida boa qualquer hora do dia.

Ler conteúdo completo
Indicados para você