[ editar artigo]

Geração de Renda através da Inovação Social

Geração de Renda através da Inovação Social

Vou apresentar para vocês um modelo de negócio muito diferente, é uma pequena padaria que fabrica pães de fermentação natural, veganos e orgânicos, localizada em Porto Alegre. Até aqui nenhuma novidade, mas o lance genial é que essa padaria entrega muito mais que um pão quentinho, ela é um agente de transformação, que utiliza da inovação social e a criatividade para atender pessoas em situação de rua e/ou vulnerabilidade social.

Eu conheci o projeto através de uma campanha de financiamento coletivo que eles realizaram no início de 2019, me emocionei muito com o vídeo de divulgação e fiquei extremamente curiosa em conhecer de perto, porque minha ideia inicial era que a Amada Massa fosse o meu objeto de estudo para uma pós-graduação que eu cursava na época.

Amada Massa, o clube de pães que entrega esperança

O projeto estreou em meados de 2018, mas sua ideia e concepção já vinham sendo desenhadas desde 2014 pelos amigos Daniel e Cadu, que já trabalhavam com alimentação vegana e que sempre tiveram um olhar apurado para as questões sociais. Os dois queriam muito desenvolver um projeto que gerasse renda para a população de rua e por isso estreitaram uma aproximação com o Movimento Nacional da População de Rua (MNPR) e depois de muitos encontros e reuniões, todos chegaram no consenso que o ‘produto’, para essa geração de renda, seria pães veganos.

De pronto eles contaram com a ajuda de Dona Madá, mãe do Dani, que transformou a cozinha da sua casa para produzir os pães, que seriam entregues a 10 integrantes do MNPR, para que eles pudessem vendê-los e, assim, gerar renda para si. Esse modelo seguiu por aproximadamente 03 meses, porém a ideia do projeto era maior, pois os dois amigos sabiam que a renda gerada através da comercialização avulsa dos pães, não era suficiente para que àquelas pessoas saíssem das ruas. Então, nasceu o Clube de Pães, um modelo de negócio que garantiria uma venda recorrente e certa.

Num primeiro momento o Clube contou com a ajuda financeira de 30 amigos/assinantes, que doaram dinheiro e seu tempo para que a ideia saísse do papel. A padaria iniciou em uma sala comercial de aproximadamente 40 m², e Dona Madá ensinou o seu ofício aos ‘peregrinos’ (como são chamadas as pessoas em situação de rua), que literalmente passaram a colocar a mão na massa. Além do Dani, Cadu e Dona Madá, esse história contou e conta até hoje, com outros personagens de diversas áreas (sociologia, psicologia, comunicação, marketing, etc), para que o processo de reinserção social seja continuo e o mais completo possível.

 

O Clube de Pães Amada Massa

Em maio de 2018 nasce oficialmente o Clube de Pães Amada, com aproximadamente 30 assinantes e atendimento externo apenas duas vezes por semana (terças e quintas), mas também com funcionamento às segundas-feiras, dia dedicado às reuniões internas e rodas de conversas com técnicas de CNV (Comunicação Não Violenta), entre apoiadores e “galera da rua”. Nessa primeira fase, o projeto gerava uma renda em torno de R$ 250,00 mensais por participante (peregrino), para uma média de 8 horas semanais de trabalho. Dessa forma eles também tinham tempo livre para realizarem outras atividades, como cursos e/ou atuar em outros coletivos como o jornal Boca de Rua¹.

O sucesso do empreendimento foi tanto, que em menos de 12 meses o Clube passou a marca de mais de 100 assinantes e começou-se a pensar na mudança para uma sede maior. Mas como não se tinha recursos financeiros para a compra de mais equipamentos, foi criada uma campanha de financiamento coletivo, que atingiu 100% do seu objetivo e em setembro de 2019 a padaria pode ser abrigada em um novo espaço, uma casa de aproximadamente 70 metros quadrados com pátio.

Todo crescimento traz consigo mais responsabilidade, a nova padaria passou a funcionar quatros vezes por semana (segunda à quinta), e eventualmente aos sábados e domingos para encomendas especiais. Às segundas-feiras continuam sendo dedicadas ao expediente interno, com produção na parte da manhã e reunião no final da tarde, a qual, a cada 15 dias, recebe visitantes externos, pessoas que querem integrar à equipe de apoiadores e/ou para apresentação de alguma proposta, projeto, parceria, etc.

 

Os números da Amada Massa

Ao longo desses quase 2 anos de vida o clube passou por algumas mudanças, pessoas saíram, pessoas entraram e sabemos que tantas outras ainda passarão pelo projeto. Seu faturamento provém das assinaturas dos quase 200 fermentadores, nome dado aos assinantes recorrentes, mensalmente são produzidos mais de 1.000 pães, pois a Amada Massa também participa de feiras e eventos semanais. Hoje o coletivo atende aproximadamente dez pessoas que se dividem entre as funções de compra de insumos, produção, assamento, entregas, vendas em feiras e eventos e nos afazeres comuns da padaria, como limpeza, organização e manutenção da casa como um todo, e em decorrência do aumento da demanda de assinantes, suas horas de trabalho e a bolsa mensal também aumentaram.

O projeto conta também com o apoio voluntário de aproximadamente 20 pessoas (o qual eu me incluo), que auxiliam em tarefas como produção, entrega, administração, financeiro, comunicação, além de apoio psicológico. Porém todo o processo da padaria é auto-gestionário, qualquer decisão, inclusive esse texto que eu estou escrevendo agora, deve e é passada por uma votação dos seus integrantes nas reuniões de segunda-feira.

Desde a metade de março, em detrimento da pandemia do Corona Vírus, as atividades de produção de pães estão paralisadas, no entanto a casa continua aberta para acolhe-los, as reunião têm ocorrido a cada 15 dias e se estabeleceu que ninguém perderá a sua bolsa, se manterá um valor mínimo para cada um, esse mínimo garante ao menos que ninguém volte para às ruas. E para a nossa sorte, a padaria tem recebido recursos e doações de algumas iniciativas, além de contar com a grande colaboração e solidariedade dos seus fermentadores, que continuam quitando as suas mensalidades, mesmo sem receber os pães.

¹Jornal Boca de Rua: https://jornalbocaderua.wordpress.com/

Mais infos sobre o Clube de Pães Amada Massa em www.amadamassa.com.br

Vídeo do financiamento coletivo de 2019: https://vimeo.com/327401032

Transformação Criativa
Ler conteúdo completo
Indicados para você