[ editar artigo]

Eu já escuto os teus sinais

Eu já escuto os teus sinais

Ouço as vozes dos Novos Tempos!

Queria poder te contar como fica meu peito ao sentir os ares que vêm chegando.

Essa brisa vívida que nos convida a dançar.

Não são tempos de paz. 

Não me iludo.

Mas são tempos de vida, de construção.

 

Acredito que tu sentes aí dentro também.

Em teu coração essa voz também te chama

E tu podes sentir a força da conexão.

A Grande União com o vasto e infinito Universo que nos rodeia.

Somos Luz!

E isso é tão nítido agora, quanto a nossa própria escuridão.

 

Ouço o som do infinito ecoando na concha do mar.

Ouço o teu coração, sedento por se encontrar.

E não duvido do que sinto.

Aquele espiral de mistérios finalmente, pouco à pouco, desvendados.

Em minhas mãos sinto tuas mãos a me segurar.

E compartilhar dessa energia cósmica que nos guia, que nos rege.

 

São os Novos Tempos!

Quando imaginamos que chegaríamos até aqui?

Fomos vivendo, sobrevivendo.

Saímos de nossas cavernas ancestrais para ganhar o mundo.

E ganhamos a oportunidade de criar o próprio mundo.

Muito além de maquinários tecnológicos

Somos a própria tecnologia da revolução humana. 

 

Aqui, dentro de mim.

Tu aí, dentro de ti.

Cada um de nós, a partir das nossas condições e habilidades.

Conectados com nossas paixões e nossas verdades.

Chegamos até aqui.

Quando imaginamos que seríamos capazes de tanto?

E ainda podemos tanto mais!

E desejamos tanto mais!

 

Ouça!

São os ares dos novos tempos que chegam sem perguntar.

Eles vêm sem duvidar.

Essa onda crescente.

Esse espiral infinito.

Essa concha do mar.

E nós. 

Partículas pequeninas num oceano de areia e ar.

Brilhantes em nossa grandeza humana.

Em nossa essência vital.

 

2021.

Quando foi que, de verdade, imaginamos chegar até aqui?!

Transformação Criativa
Lizia Barcellos
Lizia Barcellos Seguir

Mergulhando cada vez mais fundo nas humanidades.

Ler conteúdo completo
Indicados para você