[ editar artigo]

CRIATIVIDADE, SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO: entenda a relação entre elas para o futuro das empresas

CRIATIVIDADE, SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO: entenda a relação entre elas para o futuro das empresas

 

Encontram-se em muitos posts e revistas, matérias sobre criatividade e inovação nas empresas.  Elas são conhecidas como novas tendências, o divisor de águas que dará sucesso aos que embarcarem nessa, e fracasso aos que as negligenciarem. Mas será que não falta alguém nesse caminho do sucesso? Onde fica a sustentabilidade nesta história? Como garanto que tendo criatividade e inovação ainda vou garantir um futuro promissor para as gerações futuras?

Para começar a entender essa tríade, precisamos conhecer a definição de cada um dos personagens dessa história:

Inovação

A inovação segundo o dicionário é a ação ou efeito de inovar, e por extensão pode ser aquilo que é novo, coisa nova, novidade.

De uma maneira mais prática, podemos entender como modificação de antigos costumes, manias, processos, ou seja, inovação é o algo novo, inventado.

No cenário atual, onde estamos em uma crise inesperada, a inovação pode ser um sinônimo de adaptação, pois as inovações são essenciais para acompanhamento das mudanças e permanência das empresas no mercado.

Criatividade

A criatividade segundo o dicionário é a qualidade ou característica de quem ou do que é criativo e por extensão seria  inteligência e talento, natos ou adquiridos, para criar, inventar e inovar.

No contexto empresarial, a criatividade, muitas vezes resulta em soluções que permitem à empresa economizar ou criar produtos que aumentam o seu lucro. Incentiva um ambiente de melhoria contínua.

Entendemos então, que criatividade indica a capacidade de criar, produzir, inventar e co-criar coisas novas. Mas, espera ai? Isso não era Inovação? Ou são meras semelhanças? Podemos ver em alguns momentos que as definições são muito parecidas, mas ao longo do texto veremos o verdadeiro papel de cada termo.

Sustentabilidade

A sustentabilidade segundo o dicionário é definida por característica ou condição do que é sustentável.

Realmente com esta definição não conseguimos definir o termo, mas podemos entender a sustentabilidade de uma forma mais prática como um conceito formado por um conjunto de ideias, estratégias e demais atitudes ecologicamente corretas, economicamente viáveis, socialmente justas e culturalmente diversas.

Um dos conceitos mais interessantes sobre sustentabilidade é encontrado E-book – Nosso Mundo, Não temos Plano B, onde as empresas devem guiar suas estratégias visando a responsabilidade social, a proteção ao meio ambiente e a diminuição de custos sem perder a perspectiva do lucro.

Agora que já entedemos uma pouco dos conceitos, vamos as interligações entre eles:

CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO: a dupla conhecida

A criatividade e a inovação andam de mãos dadas. A criatividade é fundamental no processo de inovar e criar coisas novas. Por isso, muitas vezes os dois termos são confundidos.

Criatividade está relacionada com o nosso potencial de gerar novas ideias. Ideias podem se apresentar de diversas formas, podem ser apenas o pensamento na cabeça de uma pessoa, podem ser verbalizadas, escritas, podem ser tangibilizadas em coisas que podemos tocar e experimentar.

Neste contexto, entendemos que criatividade é algo difícil de ser medido.

Mas inovação, não.  Ela pode ser mensurada. Ou seja, é a inovação que gera valor, que gera lucro, que gera resultados.

Chegando neste ponto, entendemos que a inovação não existe sem a criatividade e vice versa. Elas estão intimamente ligadas e são dependentes uma da outra.

Mas como vimos no inicio do texto, apenas estas duas etapas não são suficientes para fechar o ciclo, eis que o elo final de união é sustentabilidade.

SUSTENTABILIDADE, CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO: o trio do futuro

Não importa de que empresa estamos falando. Boas ideias não bastam, se a organização não tiver políticas que se voltam para boas práticas e o bem estar da comunidade. 

Em outras palavras, não pode existir criatividade e inovação sem que o conceito de sustentabilidade também seja difundido e estimulado entre colaboradores e parceiros.

Atualmente, temos dados alarmantes de degradação ambiental e humana. Não há sentido em promover a criatividade e reproduzir o mesmo modelo, que não leva em conta a continuidade e a integridade do nosso planeta.  

Promover a sustentabilidade por meio da criatividade e da inovação é uma forma de garantir o futuro das próximas gerações.  

Desta maneira concluímos que a sustentabilidade, através de práticas criativas, leva a inovação. Uma inovação, que consequentemente, pode ajudar em novos processos criativos e também incentivar a sustentabilidade. Dessa forma, a relação entre elas não é linear, e sim cíclica, e precisa sempre ser renovada.

De modo geral, o futuro das empresas está em ter uma cultura sustentável, agir e pensar de forma criativa para entregar inovações que gerem valor para o planeta e para as pessoas.

 

 

Transformação Criativa
Ana Catarina Abel
Ana Catarina Abel Seguir

Product manager, produtora de conteúdo e embaixadora na WWWiT. Meu objetivo é inspirar as pessoas, principalmente outras mulheres, a encontrar a sua essência aliada aos pilares de criatividade, inovação e sustentabilidade.

Ler conteúdo completo
Indicados para você