[ editar artigo]

Como não travar em situações difíceis?

Como não travar em situações difíceis?

Quem já leu outros artigos meus aqui já sabe que eu trabalhei por mais de 10 anos em empresas multinacionais, sou perfeccionista em reabilitação, sempre fui acostumada com uma rotina mais "quadradinha", pouco flexível e há alguns meses tenho vivido em um formato de rotina mais leve e flexível - de vida e de trabalho.

Bem, ou "deveria" ser leve. Mas né, todo processo de adaptação tem seus desafios.

Marcela on Twitter: "'Oi Deus, sou eu de novo, segura só mais 45  minutinhos' 🙏🏾🙏🏾🙏🏾"

A questão é que como tenho meu padrão de rotina muito enraizado no formato antigo, num padrão inflexível, eu luto todos os dias pra estabelecer novas formas de fazer, me adaptar ao sonho chamado flexibilidade que vivo e poder trabalhar como e de onde eu quiser em paz.

Mas mano, que difícil! Não é fácil mudar um padrão de comportamento e estou vivendo isso na minha pele.

Na última semana eu passei por uma situação bem difícil em relação a isso, com tanta coisa que quero pensar, estruturar e executar na minha empresa (oi gente, prazer empresária!) acabei repetindo um padrão antigo: me sobrecarreguei.

Quanto mais me sobrecarregueimais me puni por isso pensando sem parar que eu "não deveria" me sobrecarregar. 

Adiantou alguma coisa? Não, isso é pouco prático e zeeeeero efetivo.

E aí tive que parar, tomar vergonha na cara e fazer alguma coisa pra mudar como eu tava me sentindo. O que fiz? Basicamente o que diz nesse checklist aqui embaixo.

Saindo de uma situação difícil que parece não ter luz no fim do túnel.

1) Converse com pessoas próximas (ou terapeuta);

2) Se aproxime de pessoas com problemas similares e entenda como lidaram com a questão;

3) Peça ajuda;

4) Estabeleça uma rede de apoio;

5) Se conecte com com você (meditação/exercícios/natureza ou outra atividade);

6) Deixe as ideias e sentimentos fluirem (escreva-as num papel, ajuda muito);

7) Tente não se desesperar;

8) Faça um plano de ação;

9) Execute o plano;

10) Dê tempo para as coisas se ajustarem.

Depois de me descabelar, ficar na zona de conforto (meu padrão antigo que falei ali em cima), me incomodar por isso, ver que não adiantaria nada e isso não me aproximaria dos meus objetivos basicamente eu engoli o choro e fiz o que precisava fazer.

Ainda não vi os resultados do meu plano de ação pois hoje é o primeiro dia que estou executando-o, mas vou dizer uma coisa:

Olhar pra situação de forma racional, real e fazer um plano pra sair dela já ajudou, e muito! 

O peso mental saiu como uma luva, risos. 

Mas ah! De nada adianta só montar um plano e não executá-lo, não caia na ilusão de que como você se sentiu melhor se organizando internamente colocando as coisas num papel, isso basta! Se você não se comprometer com seu plano, a situação difícil voltará. 

Sorry if I disappointed you.

Espero que esse checklist ajude vocês a sairem desses momentos.

Beijos,

Ju.

Transformação Criativa
Julia Guedes
Julia Guedes Seguir

Não sou coach e nem ofereço milagres, falo abertamente sobre saúde mental e ansiedade ✌🏽✨ Esse é meu Borogodó!

Ler conteúdo completo
Indicados para você