[ editar artigo]

Com organização, 24 h é o suficiente!

Com organização, 24 h é o suficiente!

Segunda-feira, o despertador toca pra Flay acordar para mais um dia de trabalho. Só que ao invés de levantar, resolve fechar os olhos só por mais alguns segundinhos. Afinal de contas, foi dormir tarde porque ficou vendo BBB e ainda está se sentido cansada pois não descansou o suficiente.

Quando ela decide que está preparada para enfrentar o dia, percebe que os segundinhos viraram alguns bons minutos. Diante da situação, apenas consegue escovar os dentes rapidamente, vestir a primeira roupa amassada que encontrou no seu armário e sai correndo porta a fora comendo a pizza que tinha sobrado da noite passada.

No caminho, vai pensando em quanto seria bom se a sua colega de trabalho tivesse feito aquele café bem gostoso. Quando o sinal fecha aproveita para dar aquela geral no carro, porque com a correria do final de semana ficou uma bagunça e não deu tempo de arrumar. E quando acha que já prestes a chegar na empresa, percebe que tem que parar no posto de gasolina para abastecer o carro.

Ao chegar no destino desejado, aquela vaga bem na frente da entrada não está mais disponível e Flay perde mais alguns preciosos minutos procurando por estacionamento. Como só conseguiu um lugar longe, literalmente sai às pressas com o seu lindo salto alto. Correr neste instante, seria muito arriscado.

Ufa ... chegou no escritório.

Suada, descabelada e mal humorada, vai abrindo a tela do notebook ao mesmo tempo que vai tomando aquela caneca enorme de café (que graças a Deus, a sua amiga fez). Cada gole é como se fosse um abraço que a conforta e agora se sente preparada para começar a sua jornada de trabalho.

Quando abre a sua agenda para dar início às suas atividades percebe que na sexta-feira antes de encerrar o seu expediente não finalizou a programação da semana seguinte. A vontade de chegar logo no happy ower das meninas, era maior.

Seguiu executando as tarefas a medida que elas apareciam e que dava conta. Não estabelecendo qualquer tipo de planejamento, seguiu o fluxo da demanda sem considerar quesitos como: prioridade, prazo, tempo de execução, imprevistos, etc.

Como consequência de todas as suas atitudes, no final do dia Flay acaba se percebendo cansada, estressada e frustrada. Quase nada do que tinha em mente conseguiu realizar e a sensação é de que 24 horas do seu dia não é mais o suficiente para dar conta de tudo.

O problema é que, sem se dar conta, esse tipo de situação virou algo comum em seu dia a dia. Ela até pensa em mudar, porque não aguenta mais viver dessa forma. Mas, se sente no momento sem qualquer motivação para se movimentar.

Essa história que eu contei acima, da Flay, não é fictícia (apenas o seu nome é kk). Muitas pessoas chegam até mim com esse tipo de discurso, procurando ajuda. Desejam aprender a organizar a sua rotina, para poder ter uma qualidade de vida só que nem tem ideia de por onde começar.

Por isso hoje estou aqui. Quero mostrar que com um planejamento simples e uma organização focada, 24 horas dá e sobra para você fazer tudo o que é necessário no seu dia:

- Reserve um dia para se planejar: Se é muita coisa para a sua cabeça, você não precisa se preocupar em se organizar para a semana toda. Você pode fazer uma construção da sua rotina diária, já é um bom começo. O importante é que esse planejamento não seja feito em cima da hora. Algumas pessoas preferem fazer no dia anterior e outras comentam ser melhor no primeiro horário manhã. Enfim, isso não importa. Você é quem vai observar em que horário está mais disposta e em qual período se sente mais criativa para fazer essa criação;

- Faça uma lista com seus afazeres do dia: Neste momento não se preocupe em ter uma lista enorme de coisas para você fazer. Ser ocupada é diferente de ser produtiva. Coloque apenas o que é essencial, importante, primordial ser concluído naquele determinado dia;

- Não seja 8 ou 80: Não significa que porque você começou o seu planejamento com uma determinada estratégia, que sempre terá que acontecer dessa mesma forma. Quando estamos lidando com algo novo é normal errarmos e termos que fazer alguns ajustes. Seja flexível neste sentido, encare como um aprendizado.

@paulalee_atelier

Transformação Criativa
Paula Leepkaln Medeiros Monteiro
Paula Leepkaln Medeiros Monteiro Seguir

Planejamento, organização e produtividade com criatividade

Ler conteúdo completo
Indicados para você