[ editar artigo]

Aprenda como incentivar a criatividade na sua comunidade (com dicas!)

Aprenda como incentivar a criatividade na sua comunidade (com dicas!)

Há alguns anos eu comecei a me envolver com comunidades online e os desafios da produção de conteúdo. Se você acha que é complicado conseguir inspiração própria, imagine só como é incentivar a criatividade em outras pessoas.

Apesar de não ser fácil no começo, a recompensa de quem acredita neste tipo de projeto é muito alta, pois contar com a força de dezenas, centenas e até milhares de mentes ajuda a levar uma comunidade online para um patamar inimaginável. Podemos afirmar que quando estamos juntos o limite não existe.

Mas antes de tudo, o que é uma comunidade online?

Caso você não esteja familiarizado com o conceito, uma comunidade online é um lugar onde pessoas se reúnem na internet para conversar e discutir um assunto em comum — como a Transformação Criativa

Ele pode ser ligado a uma empresa ou pessoa, mas para dar certo é preciso que a comunidade tenha um propósito. Muitas vezes, inclusive, ligado à transformação provocada nas pessoas e ao aprendizado colaborativo.

Para que ela possa crescer e chegar longe o tema não importa, são as pessoas envolvidas e a dedicação de cada integrante que determina o combustível que vai levar essa embarcação adiante. Só que nem sempre esse processo é orgânico desde o começo, sendo necessário que muitos gerentes de comunidade tenham que trabalhar duro para incentivar a criatividade na hora de gerar engajamento, produção de conteúdo e troca entre os participantes. O gerente modera o ambiente e cuida da visibilidade das pessoas ativas na comunidade.

Dentro de uma comunidade online não é apenas o dono ou gerente que escreve, todos podem colaborar na hora de gerar conteúdo, compartilhar conhecimento, levantar um debate ou simplesmente publicar um link que achou interessante. 

As comunidades online e o mundo atual

A ascensão das redes sociais mostra que as pessoas adoram interagir na internet. Seja quem gosta mais de fotos, vídeos ou texto, sempre existe na web algum tipo de conteúdo sobre qualquer assunto.

Com a inclusão digital e a facilidade cada vez maior de acesso à internet, tornou-se comum que as pessoas que eram apenas espectadoras passassem a se tornar protagonistas da produção de conteúdo. Esse movimento ficou conhecido como o fim dos gatekeepers, representantes da mídia tradicional que na era pré-internet tinham o monopólio dos meios de comunicação. Hoje em dia, qualquer pessoa pode ser sua própria mídia.

Em um mundo onde os jornais usam imagens captadas pelos espectadores, assistimos gols filmados da arquibancada e acompanhamos artistas filmados pela plateia, não é surpreendente ver que o desejo de se tornar parte da produção de conteúdo tenha crescido tanto nos últimos anos.

As comunidades online se encaixam perfeitamente nesta tendência, já que a base delas é justamente essa vontade de compartilhar por parte do público. Só que com algumas diferenças:

  1. Normalmente as comunidades são criadas por pessoas engajadas em um mesmo propósito. Isso garante um ambiente nichado.

  2. As comunidades têm áreas abertas que oferecem visibilidade ao conteúdo construído colaborativamente e espaços fechados, com conteúdo exclusivo para alguns membros.

  3. As comunidades têm uma identidade, um nome próprio. Ou seja, quem acessa ou participa, vai lembrar disso. Esse texto por exemplo, você vai lembrar que leu na comunidade Transcriativa e não no Linkedin ou no Medium.

Como conseguir então a participação de outras pessoas?

Essa é uma das dúvidas mais comuns que eu conheço entre os gerentes de comunidade. Seja no engajamento ou na criação de publicações, conseguir que as pessoas passem a participar ativamente da comunidade online demanda um certo apoio, até que elas se sintam confiantes e aquilo passe a ser natural.

Uma das funções de um gerente de comunidade é justamente criar ações que incentivem a atuação dos demais integrantes. Ter uma boa estratégia é importante para conseguir identificar o potencial dos participantes e extrair o melhor de cada um.

Mas, só dizer isso eu sei que não adianta muito. Por isso, eu separei algumas dicas bem legais que vão incentivar a criatividade dos membros da sua comunidade na hora de produzir um conteúdo incrível. Confira:

1 - Dê sugestões

Muitas vezes alguém não escreve na sua comunidade simplesmente por não ter ideia do que dizer. Apresentar algumas sugestões de temas, formatos e mostrar alguns exemplos vai ajudar a clarear a mente e tirar a trava que impedia a produção de um post.

Mostre que ainda existem assuntos que não foram explorados dentro daquele ambiente ou que podem ser tratados de um outro ângulo. Sempre procure mostrar que tema é o que não falta e que a colaboração é mais do que bem-vinda.

Isso funciona principalmente com aqueles usuários que desejam se tornar mais ativos, geralmente são os que mais comentam e compartilham os posts. Identificar quem são essas pessoas e abordá-las é muito mais fácil do que tentar qualquer participante aleatório dentro da comunidade.

2 - Use o feedback da melhor forma

Tem gente que acha que o feedback é apenas criticar, mas isso pode ter um efeito desastroso dentro de uma comunidade online. Lembre-se que são pessoas que usaram parte do tempo delas para contribuir gratuitamente com o seu projeto e que podem ficar desanimadas se forem criticadas.

Não estou dizendo que deve elogiar quando algo não sai como o esperado, mas é importante sempre dar um feedback construtivo e que incentive a pessoa a continuar produzindo.

Ressalte os pontos positivos e diga com educação e leveza onde dá para melhorar. Essa é uma boa prática para não acabar com a iniciativa de quem se propôs a ser criativo.

3 - Estimule as ideias

Muitas vezes uma boa ideia não funciona porque não é bem executada. Por isso, nunca descarte um pensamento e sempre procure ver qual a melhor forma de colocar aquilo em prática, pois uma grande contribuição pode estar por vir.

Faça brainstorms, teste novos formatos e arrisque algo inédito sempre que possível. Além disso, mantenha um canal aberto de comunicação para que todos possam dar as ideias e sugestões para a produção de conteúdo e melhoria da comunidade. Nem todas serão aproveitadas, mas você com certeza irá encontrar muita coisa boa no meio delas.

4 - Mantenha contato com os participantes

A falta de ideias e a timidez são dois empecilhos muito comuns para que as pessoas escrevam em uma comunidade. A melhor maneira de acabar com isso é manter um relacionamento mais próximo com essas pessoas, que assim vão se sentir mais estimuladas a participar.

Além de incentivar a criatividade, você também pode aproveitar esse canal de comunicação para aplicar os itens anteriores desta lista, como dar sugestões e feedbacks. Quanto mais presente você for com o seu público, mais engajado ele será. O resultado de tudo é um aumento no número de comentários, curtidas e publicações.

5 - Crie ações específicas

Sua comunidade está com muitos textos e você gostaria que tivesse um pouco mais de imagens? Que tal um concurso de fotografias entre os participantes? Ações específicas costumam estimular aqueles que nunca tinham participado até então.

Outro ponto positivo é que você já apresenta algum tema ou orientação, o que facilita para aqueles que desejam participar, mas que não sabiam o que fazer. Esse tipo de prática costuma "provocar" o usuário mais passivo e fazer com que ele saia da zona de conforto e venha compartilhar com os outros usuários.

6 - Compartilhe conhecimento na forma de cursos

Todo novo participante que acessa comunidade passa por uma jornada de experiência nesse espaço — e nem sempre isso precisa estar no formato tradicional de publicações. Cursos online também podem ser uma excelente alternativa.

Esse formato pode, inclusive, ajudar a gerar mais conteúdo colaborativo na comunidade, já que é muito interessante premiar o final dessa jornada com um post na comunidade. Todos são valorizados dessa forma: o participante ganha com a exposição e a comunidade ganha com o conteúdo.

Por que precisamos da criatividade?

A inovação é um conceito super presente na nossa vida atualmente, e a razão é simples: o ser humano precisa de novidades. 

Incentivar a criatividade, ainda mais a coletiva, traz benefícios para todos os envolvidos e também para a própria comunidade em si. Ao longo do tempo esse processo torna-se mais orgânico e exige menos trabalho, que é preciso ser feito desde o início.

Pode ter certeza que os frutos colhidos vão fazer valer a pena todo o trabalho e o crescimento da sua comunidade será prova disso.

Essa é a melhor comunidade para isso. :-) Vamos criar juntos?

Deixe seu comentário para que a gente continue falando sobre esse assunto.

Transformação Criativa
Luciano Kalil
Luciano Kalil Seguir

Sócio & CPO @ Squid | Entusiasta de comunidades digitais | Autor do livro Community Hacking

Ler conteúdo completo
Indicados para você