[ editar artigo]

A importância das parcerias na gestão criativa das cidades

A importância das parcerias na gestão criativa das cidades

Realizar a gestão de processos criativos é sempre um desafio. Nossas cidades não estão, em sua grande maioria, preparadas para lidar com situações que requerem uma sensibilidade especial de escuta, entendimento e principalmente parcerias. Precisamos evoluir e muito nesse aspecto para obtermos bons resultados na gestão de cidades e pessoas. 

As parcerias são fundamentais e através delas conseguimos potencializar os projetos e dar fôlego aos produtores que muitas das vezes iniciam seus processos de forma isolada e com poucos recursos. Quando falo em "recursos" não me refiro apenas ao financeiro, mas também aos que tangem as parcerias voluntárias, em rede, num processo colaborativo que faz toda a diferença quando falamos de economia da cultura.

Em Santa Rita do Sapucaí - MG essas parcerias fazem toda a diferença. O movimento "Cidade Criativa Cidade Feliz" nasceu dentro desse contexto e até hoje se sustenta com base na colaboração de diversos setores: pessoas criativas, instituições de ensino, setor privado e o setor público. Cada um fazendo a parte que lhe cabe, contribuindo ao seu modo para que todo o processo se sustente. Com esse modelo de gestão nasceu uma linha de colaboração e de "cuidadoria", o que difere de uma curadoria, por exemplo. Aqui todos podem fazer parte do processo criativo. Nesse modelo o produtor pode receber apoio financeiro e estrutural de parceiros, inclusive do poder público, para realizar seus projetos e tem que entregar para a sociedade um produto cultural para consumo, sendo essa a sua contrapartida. Todos se envolvem e com isso o produto final, seja ele um espetáculo de teatro, dança ou um show musical, feira de artesanato ou palestras passam a fazer parte de um calendário especial que fica disponível para toda a sociedade usufruir do resultado obtido, pagando ou não para acessá-lo.

Ter parceiros que acreditam num projeto é de extrema importância para o sucesso do modelo. Dessa forma o movimento ganha forma, força e sustentabilidade. Pode ser que esse modelo não se aplique em alguns lugares onde não há o hábito de conversas constantes, intercâmbio entre as instituições e a abertura do poder público para desenvolver uma escuta ativa, mas serve de inspiração para iniciar um movimento local, seja em seu bairro, escola ou mesmo cidade.

Não se faz nada sozinho. Quando se juntam ideias e propósitos se cria uma grande rede de solidariedade e de cuidado. Tudo isso contribui para que você e sua cidade possam iniciar um longo caminho no desenvolvimento do seu modelo de rede e quem sabe desenvolverem grandes e ambiciosos projetos de parcerias.

Transformação Criativa
Janilton Prado
Janilton Prado Seguir

Diretor de Projetos na Sapucaí Criativos e um dos organizadores do Movimento Cidade Criativa Cidade Feliz em Santa Rita do Sapucaí - MG. Facilitador de processos criativos na gestão pública e fundador da plataforma Sapucaí Play .

Ler conteúdo completo
Indicados para você