[ editar artigo]

5 dicas para furar o bloqueio criativo

5 dicas para furar o bloqueio criativo

Assim como nosso corpo, nossa mente também precisa de exercícios diários. Mas, mesmo exercitando todos os dias, às vezes nos deparamos com o tão temido bloqueio criativo. Nossa mente trava e, por algum tempo, fica parecendo um solo infértil.

Nós que trabalhamos com criatividade sabemos que não podemos dar ao luxo de ter um bloqueio criativo por muito tempo.

Pensando nisso vou listar algumas dicas (que sempre funcionam comigo) para furar o bloqueio criativo.

1 – Ouça uma música nova de um ritmo que você NÃO gosta:

Nossos insights costumam vir de fora da nossa zona de conforto. Então, nada melhor do que ativar nossa mente incomodando nosso cérebro com novas conexões.

2 – Liberte-se dos preconceitos:

 Muitas das nossas ideias ficam presas no bloco do preconceito. Temos costume de ir sempre por uma linha de raciocínio padronizada que é fruto das nossas experiências de vida. Ampliar nossa visão das coisas faz com que cresçam as chances de batermos de frente com os nossos preconceitos. Para onde vamos quando isso acontecer? Voltar para dentro do nosso quadrado ou pensar em novas fórmulas cogitando um maior número de possibilidades?

3 – Procure definições de palavras que você NÃO conhece:

Nossa língua é complexa e recheada de palavras com diversos significados. Procurar por palavras que não conhecemos aumenta nossa capacidade de conexões com termos, palavras e conceitos que já conhecemos.

4 – Pesquise algo totalmente fora do que você está trabalhando:

Se você está escrevendo sobre vestido de luxo, por exemplo, procure pesquisar algo fora deste universo, como carros populares e montadoras de automóveis. Tá, mas no que isso pode me ajudar? Simples! Vai tirar sua visão acostumada com um universo, trazer novas percepções, novas linguagens e quando você voltar para seu conteúdo inicial já terá uma nova vivência, um novo parâmetro sobre o que precisa escrever. 

5 – Abra suas redes sociais

Você pode ser um heavy user ou um mestre dos magos das redes sociais. Caso você seja a segunda opção, esta tarefa se torna mais complicada. Sabemos que as redes sociais são grande fonte de informação, mas podemos ir além.

Analisar o que seus amigos estão falando/postando/reclamando pode nos trazer um conteúdo riquíssimo. Pense na quantidade de percepções, linguagens, sotaques e ideias que seus amigos podem apresentar sobre um mesmo assunto (seja um posicionamento político ou o último meme do momento).

Aproveite todo este conteúdo que seus amigos produzem de graça e usufrua como uma ferramenta para tirar você do bloqueio criativo.

E aí, gostou?

São dicas simples, mas que já funcionaram muito na minha vida profissional.

Transformação Criativa
Ler conteúdo completo
Indicados para você