[ editar artigo]

"Meditação não é pra mim": 04 fatos que me ajudaram a entender que sim, meditação era pra mim também.

"Pra meditar é necessário ser tipo assim, quase Buda"

Mentira.

Mas eu pensava isso antes de começar a praticar meditação. Achava complexo demais pra mim e também tinha a impressão (falsa, rs) de que era algo sobrenatural ou de ligação extrema religiosa/espiritual.

Mais alguém?

Já faz um tempo que mudei essas percepções e comecei a interpretar a meditação como uma forma de nutrir a minha mente, meus sentimentos e emoções de forma positiva

Gosto de pensar que é uma forma de trazer alimento saudável (ou estímulo positivo) para meus pensamentos. Em outra palavras, hoje vejo a meditação como mais uma forma de ter conversas saudáveis e amorosas comigo mesma.

Pois então, a tal da meditação...

Em minha jornada, onde fui uma pessoa muito acelerada por muito tempo, pensar em meditar me trazia desconforto só de pensar a respeito. Eu queria praticar, admirava quem fazia e tal mas ficava lá, sem nem saber por onde começar e deixando pra começar depois.

Até que um dia, por uma questão de saúde, tive que sair da minha zona de conforto, me vi "obrigada" a usar a meditação como um dos recursos no tratamento para ansiedade.

Os tratamentos que fiz (psicológico com psicoterapia cognitiva e psiquiátrico com medicamentos) terminaram porém o hábito da meditação ficou, ainda bem! Só de escrever sobre me traz paz, rs.

1) Pra começar a meditar nem sempre é necessário seguir o "estereótipo de meditação"

Esses dias ouvi uma meditação que dizia que para meditar nem sempre é necessário seguir o "estereótipo de meditação": posição de lótus, olhos fechados, estar no pico da montanha e em silêncio absoluto.

Se você já consegue fazer seguindo algum dos pontos anteriores ok, mas o ponto que quero trazer é que para começar a praticar você pode ter um contato inicial com a meditação de forma simples, fácil e dentro da rotina que você já tem.

Quando escutei esse trecho da meditação que falava do estereótipo, fiquei realmente reflexiva e percebi que por bastante tempo eu carreguei comigo esse estereótipo que me lembra complexidade e por isso demorei 31 anos para tentar.

E tá tudo bem, estereótipos e padrões estão aí para serem trazidos para consciência e então serem quebrados.

Fui tão longe nessa reflexão, e desconstrução, sobre "ser complicado" que caiu uma ficha importante: a meditação pode ser mais simples de ser compreendida e praticada do que a maioria das pessoas pensa. E faz um bem...

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Fonte: https://www.meudicionario.org/descomplicar (clique pra ver a definição completa, é divertida!)

Geralmente medito pela manhã e as palavras que eu ouço quando me conecto com uma meditação me acompanham ao longo do dia independente de eu ter feito a prática sentada, deitada, com olho aberto ou fechado. Fato.

2) O momento de mundo que vivemos hoje é terreno fértil para ansiedade. Começar a meditar pode trazer um alívio imenso e não precisa ser complicado

A vida em si já é cheia de motivos pra nos sentirmos ansiosos(as) em alguns momentos, em momentos de pandemia e incerteza potencializada, esse contexto se torna ainda mais terreno fértil para ansiedade, todos(as) sabemos.

No meu Instagram (@juliasguedes) eu geralmente compartilho conteúdos de autoconhecimento, desenvolvimento, falo abertamente sobre ansiedade e com isso, algumas pessoas me buscam para falar suas inquietudes e compartilham suas próprias ansiedades e experiências.

Quando eu sugiro meditação muitas pessoas dizem: "não consigo, é muito complexo, etc e tal"

Nunca é fácil começar algo novo e nem sempre é fácil também incluir um novo hábito em nossas vidas

Ao mesmo tempo, eu acredito que quando pensamos em formas criativas de incorporar essas "novidades" que queremos testar em nossas vidas (como por exemplo meditar) você começa a ver com mais simplicidade, pensa em outras opções e sem perceber já deu o primeiro passo.

Se em algum momento você já quis começar a fazer meditação, se algo dentro de você alguma vez já te chamou atenção pra isso, meu conselho é: tente.

"O momento atual é um ótimo momento para começar."

Que tal experimentar meditação antes de dormir, ou naqueles 05 minutos antes de levantar quando você acorda, enquanto lava a louça, enquanto pratica uma caminhada, toma um banho ou em qualquer outro momento que você tenha de silêncio - nem que seja no carro (se por algum motivo você precisa sair de casa nesse momento)?

Experimente colocar uma meditação pra escutar, ouvir e se deixar fluir com ela.

Que tal começar com passos pequenos? Se comprometer a fazer por 05 minutos por dia, um dia sim, outro não? E depois ajustar a frequência de acordo com o que funciona pra você? 

3) Meditação guiada: o primeiro passo, uma alternativa com opções de meditações rápidas e gratuitas

A meditação guiada foi o caminho que escolhi pra começar, basicamente esse estilo traz áudios com temas e, como o nome sugere, você é guiado(a) durante alguns minutos pela fala da pessoa que conduz.

Nas lojas de aplicativos do Android e iOS há muitas opções grátis e também pagas para você baixar e começar (hoje uso o Meditopia mas já usei o Vivo Meditação). Também há muitos conteúdos gratuitos no YouTube (amo o canal Yogamudra), basta buscar por meditação, selecionar o tema, o tempo que você se sente confortável e escutar (de coração aberto).

4) Os benefícios

Quando eu paro por 05 ou 10 minutos e tento simplesmente ouvir, me conectar e entender a mensagem da meditação eu observo minhas emoções naquele momento e então lido com elas.

Através da meditação, várias vezes encontrei luz em algumas palavras ou possíveis caminhos de como lidar com uma emoção ou situação.

Você terá inúmeros benefícios em troca, além de continuar nutrindo sua mente com coisas que realmente farão diferença na sua jornada, física e mentalmente.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Há muitos estudos e artigos científicos que já comprovaram os impactos da meditação na vida humana. A Forbes já fez uma matéria falando sobre "Como a meditação muda seu cérebro para melhor".

Ah! Mas lembrando um ponto importante, somos seres muito particulares e individuais então a prática de meditação pode ser uma experiência diferente pra cada pessoa - pode ou não funcionar individualmente e tudo bem se essa não for a sua!

Mas você só saberá se funciona pra você se você tentar =)

Com muita paz no coração, Ju Guedes.

Transformação Criativa
Julia Guedes
Julia Guedes Seguir

Não sou coach e nem ofereço milagres, falo abertamente sobre saúde mental e ansiedade ✌🏽✨ Esse é meu Borogodó!

Ler conteúdo completo
Indicados para você